QUANTUM COMPUTER

       Dr. Stan Gudder Discussing Quantum Computing
 

On January 14, 2005, Dr. Stan Gudder, the John Evans Professor of Mathematics at the University of Denver, addressed the question, "Why can a quantum computer do things that an ordinary computer can not?"

As Dr. Gudder described it: "The answer to the question in the title is that quantum computers can exploit the principles of quantum mechanics as resources for computation. Two of these resources are quantum superposition and quantum entanglement. These two principles can provide an exponential speed up in quantum algorithms. Although we shall not have time to discuss these principles here we shall consider a simple example of a component of a quantum computer that is not available for ordinary computers. This component is called a square root of NOT gate."

Thumbnails of photos:

clip_image002
Students and faculty listening to the lecture by Dr. Stan Gudder

clip_image004
Dr. Stan Gudder lecturing on quantum computing

clip_image006
Dr. Paul Myers with Dr. Stan Gudder

Sidney – Cientistas criam tecnologia de circuitos que deve ser vital para os próximos passos na construção do computador quântico.

Pesquisadores no Japão desenvolveram uma nova tecnologia de circuitos que deve ser vital para os próximos passos na construção do computador quântico.Resultado de um esforço de colaboração entre a Agência de Tecnologia e Ciência do Japão, o Instituto de Pesquisa em Física e Química e a fornecedora de eletrônica NEC, a tecnologia permitiu a criação do primeiro circuito de bit quântico (qubit) que consegue controlar a força de interação entre os qubits, segundo os pesquisadores.

Leia também:

Os atuais eletrônicos utilizam bits binários, cujos estados variam entre um e zero, para armazenar informações. Já na computação quântica a informação é guardada nos qubits que, graças às suas propriedades quânticas, podem assumir diversos estados.
Embora avanços tenham sido feitos na criação de qubits e de portas lógicas quânticas, a interação entre os qubits tem sido difícil de controlar. A nova tecnologia facilita o pareamento de qubits por meio do uso de um qubit adicional entre o par. Ele age como um transformador não linear que liga e desliga o pareamento magnético do par de qubits. Com o esquema, os cientistas foram capazes de fazer um experimento multiquântico por meio de um sistema de pares de qubits sendo ligados e desligados.
Os computadores quânticos devem trazer avanços significativos em relação aos supercomputadores atuais graças ao potencial de realizar operações com velocidades exponencialmente maiores que as do computador clássico. A NEC pesquisa a computação quântica há mais de 10 anos, mas o pesquisador Jaw-Shen Tsai, da companhia, acredita que serão necessários mais dez anos para que os computadores quânticos de fato cheguem ao dia-a-dia das empresas.

*Liz Tay é editora do Computerworld Australia, em Sidney.

Rede de encriptação quântica é ativada e diz ser inviolável Gizmodo Brasil:

“Cientistas conectaram a primeira rede de computadores no mundo protegida por “criptografia quântica”, um sistema supostamente inviolável que funciona por um esquema baseado no Princípio da Incerteza de Heisenberg. Para nós leigos, isto significa que você não é capaz de coletar informações transmitidas por uma rede sem de alguma forma perturbar o seu fluxo, fazendo com que seja fácil detectar quando alguém está tentando invadir a rede. Quando os intrusos tentam hackear um fluxo quântico, os fótons da rede ficam embaralhados e o aumento da taxa de erros faz com que a linha seja cortada. O fluxo é então roteado automaticamente para outro nó de forma que o transmissor e o receptor permaneçam em contato contínuo e seguro. Os cientistas estão no momento tentando vender esta rede para bancos e outros portadores de informações confidenciais.

Então ela é mesmo inviolável, certo? É difícil afirmar. No momento não há métodos para observar as informações sem ser detectado, mas pesquisadores do MIT foram capazes de capturar aproximadamente 40% das informações ao ler o “momento” dos fótons. Aposto que os hackers vão vibrar com isso, especialmente agora que os cientistas praticamente lançaram um desafio direto à capacidade deles.

[BBC]“13 Abr 08

World’s shortest single photon pulse created

Categorias: Computação Quântica

clip_image007

The world’s shortest light pulse containing just one photon has been produced by Oxford University scientists.

“The Oxford team can create individual photons that are 65 femtoseconds in duration: that’s approximately fifty times shorter than any single photon previously produced. And every photon this source produces is identical to the previous one. Such photons could be a major breakthrough in quantum computing: the harnessing of quantum effects to perform calculations that would take conventional computers thousands of years to resolve. ‘Creating single photons even under controlled conditions is extremely challenging,’ said Peter Mosley of Oxford’s Department of Physics. ‘Even the purest laser light beam consists of many photons all bunched together. Our approach enables us to generate individual photon replicas, identical packets of light of very short duration that are ideal for quantum computing.’ Peter Mosley, a member of Oxford’s Ultrafast Group, is a co-author of a report of the research in this week’s Physical Review Letters. Source: Oxford University”

World’s shortest single photon pulse created

31Dez 07

Japoneses criam tecnologia que aprimora computador quântico kvowster Digital

Categorias: Computação Quântica, NEC e e-Xistence

clip_image008

Japoneses criam tecnologia que aprimora computador quântico kvowster Digital

kvowster-digital @ 20:06

Sidney – Cientistas criam tecnologia de circuitos que deve ser vital para os próximos passos na construção do computador quântico.

Pesquisadores no Japão desenvolveram uma nova tecnologia de circuitos que deve ser vital para os próximos passos na construção do computador quântico.

Resultado de um esforço de colaboração entre a Agência de Tecnologia e Ciência do Japão, o Instituto de Pesquisa em Física e Química e a fornecedora de eletrônicos NEC, a tecnologia permitiu a criação do primeiro circuito de bit quântico (qubit) que consegue controlar a força de interação entre os qubits, segundo os pesquisadores.

Os atuais eletrônicos utilizam bits binários, cujos estados variam entre um e zero, para armazenar informações. Já na computação quântica a informação é guardada nos qubits que, graças às suas propriedades quânticas, podem assumir diversos estados.
Embora avanços tenham sido feitos na criação de qubits e de portas lógicas quânticas, a interação entre os qubits tem sido difícil de controlar.

A nova tecnologia facilita o pareamento de qubits por meio do uso de um qubit adicional entre o par. Ele age como um transformador não linear que liga e desliga o pareamento magnético do par de qubits.

Com o esquema, os cientistas foram capazes de fazer um experimento multiquântico por meio de um sistema de pares de qubits sendo ligados e desligados.

Os computadores quânticos devem trazer avanços significativos em relação aos supercomputadores atuais graças ao potencial de realizar operações com velocidades exponencialmente maiores que as do computador clássico.

A NEC pesquisa a computação quântica há mais de 10 anos, mas o pesquisador Jaw-Shen Tsai, da companhia, acredita que serão necessários mais dez anos para que os computadores quânticos de fato cheguem ao dia-a-dia das empresas.

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s