YouTube – Diana Ross – Do You Know Where You’re Going To? (live)

 

 

Performance by Diana Ross

Song: Do you know where you are going to?

Translated by Laercio Venturini

 

Do you know where you’re going to?

Você sabe para onde você está indo?

Do you like the things that life is showing you?

Você gosta das coisas que a vida está te mostrando?

Where are going to?

Para onde você está indo?

Do you know?

Você sabe?

 

Do you get what you’re hoping for?

Você vai colher por aquilo que você está esperando?

When you look behind you there’s no open doors.

Quando olhas para trás não há portas abertas.

What are you hoping for?

Pelo que você está esperando?

Do you know?

Você sabe?

 

Once we were standing still in time

Uma vez ainda estavamos parados no tempo

Chasing the fantasies that filled our minds

correndo atrás das fantasias que preenchíam nossas mentes

You knew how I loved you

Você sabia que eu te amava

But my spirit was free

mas meu espirito estava livre

Laughing at the questions

sorrindo para as perguntas

that you once asked of me

que você outrara me fazia

 

Do you know where you’re going to?

Você sabe para onde você está indo?

Do you like the things that life is showing you?

Você gosta das coisas que a vida está te mostrando?

Where are you going to?

Para onde você está indo?

Do you know?

Você sabe?

 

Now, looking back at all we planned

Agora, olhando para trás para tudo que nós planejamos

we let so many dreams

deixamos tantos sonhos

just slip through our hands

simplesmente escorregaram pelas nossas mãos

 

Why must we wait so long

Por que devemos esperar tanto tempo

Before we see

antes vemos

How sad the answers to those questions can be?

como triste às respostas aquelas perguntas podem ser?

Do you know where you’re going to?

Você sabe para onde você está indo?

Do you like the things that life is showing you?

Você gosta das coisas que a vida está te mostrando?

Where are you going to?

Para onde você está indo?

Do you know?

Você sabe?

 

BIBLIOGRAFIA

 

Diane Ernestine Ross, nasceu dia em 26 de março de 1944 em Detroit , Michigan. Filha do operário “Fred Ross” e de professora “Ernestine Earle Ross”, Diana é a segunda dentre seis irmãos, três mulheres e três homens.

Formou junto com “Mary Wilson”, “Florence Ballard” e “Barbara Martin” um grupo chamado “The Primettes”, em 1959. Depois de assinarem com a gravadora “Motown” em 1961, o nome do grupo  foi mudado para “The Supremes”, em 1963. Posteriormente, em 1967, tornaram-se “Diana Ross and the Supremes”. Durante este período, atingiram por 12 vezes o primeiro lugar nas paradas de sucesso norte-americanas.

Em janeiro de 1970 “Diana Ross” deixou o grupo e partiu para carreira solo, fez sucesso especial com a canção “Ain’t No Mountain High Enough”. Estrelou também um filme sobre a vida de “Billie Holliday” chamado “Lady Sings the Blues”, onde recebeu o prêmio pela trilha sonora. Em 1973, gravou um álbum com “Marvin Gaye” intitulado “Diana and Marvin”, com o destaque para “My Mistake”. Em 1975 novamente participou em um filme, “Mahogany”, e seu tema musical “Do You Know Where You’re Going To” chegou ao primeiro lugar.

De 1976 a 1980, gravou também sucessos como “Love Hangover”,  “What You Gave Me”, “The Boss” e “It’s My House”, de “Ashford & Simpson”; e “Upside Down”, “I’m Coming Out” e “My Old Piano” da dupla “Nile Rodgers e Bernard Edwards”.

Em 1981, fez um dueto romântico com “Lionel Richie” em “Endless Love”, último sucesso que ela obteve pela gravadora “Motown”. Posteriormente assinou com as gravadoras “Capitol” e  “RCA” e depois da queda na vendagem de seus discos, no início dos dos anos 90, retornou à “Motown”.

Diana teve duas filhas com o divulgador musical “Robert Ellis Silberstein”, dois filhos com o executivo norueguês “Arne Naess Jr”, morto em 2000 e uma filha com o fundador da “Motown”, “Berry Gordy”. Em 2003, esteve internada numa clínica para dependentes de álcool e drogas. No início 2004, foi presa ao ser flagrada dirigindo na contramão em estado de embriaguez. Diana Ross foi considerada pela revista americana “Billboard” e pelo livro “Guinness” como a principal artista feminina do século emplacando 18 “singles” em primeiro lugar; doze com “The Supremes” e seis em carreira solo. As vendas de seus álbuns já ultrapassaram a marca de 100 milhões de cópias.

Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s