Johnny Rivers

 

Johnny Rivers

Johnny Rivers, nascido John Henry Ramistella (Nova York, 7 de novembro de 1942) é um cantor, compositor, guitarrista e produtor norte-americano. Entre suas principais gravações estão "Memphis", "Secret Agent Man", "Poor Side of Town" e "Baby I Need Your Lovin".

Carreira

Anos 1950

A família Ramistella mudou-se de Nova Iorque para Baton Rouge, no estado da Louisiana, quando John tinha cinco anos de idade. Ele começou a tocar guitarra aos oito, influenciado pela música local. Johnny Ramistella formou sua própria banda, The Spades, ainda quando estudava (Junior High School) e fez sua primeira gravação aos 14.

De volta a Nova Iorque, em 1958, ele encontrou Alan Freed, que o aconselhou a mudar seu nome. Assim, Johnny Ramistella tornou-se Johnny Rivers, depois que o Rio Mississippi transbordou, perto de Baton Rouge. Freed deu a Johnny Rivers alguns contratos para gravações. De março de 1958 a março de 1959, Rivers gravou três canções que não foram lançadas.

Em 1959, Johnny Rivers retornou a Baton Rouge. Enquanto tocava em todo o sul dos Estados Unidos, Rivers conheceu, em Birmingham (Alabama), Audrey Williams, esposa do famoso cantor norte-americano de música country Hank Williams. Ela levou Johnny para Nashville, onde ele gravou mais duas canções. Eles não as venderam também, mas Johnny ficou na cidade e começou a trabalhar como compositor e cantor de canções demo (ganhava US$ 0,25 por gravação). Lá, Johnny trabalhou ao lado de Roger Miller.

Anos 1960

Em 1960, Rivers conheceu um grande amigo, James Burton, guitarrista de Ricky Nelson. Burton deu a Ricky uma das canções de Johnny. Ricky Nelson gostou dela e a gravou. No ano seguinte, Rivers foi a Los Angeles para conhecer Nelson, onde ficou para trabalhar como compositor e músico de estúdio.

Em 1963, Rivers costumava passar seu tempo em um bar chamado Gazzari’s (de propriedade de Bill Gazzari). Uma noite, o trio de jazz que tocava no bar deixou o local. Gazzari pediu para Johnny ocupar a vaga por alguns dias, até que encontrasse um outro grupo de jazz. Johnny concordou e a história foi feita. Quando ele começou a tocar seu rock n’roll, multidões passaram a freqüentar o Gazzari’s. Rivers fez sucesso no clube, fazendo versões de canções de Chuck Berry.

Em 1964, Elmer Valentine, proprietário do clube Whisky a Go Go, ofereceu a Johnny Rivers um contrato de uma ano para que este cantasse em seu clube, recém-inagurado em Hollywood (California). O novo clube abriu três dias antes do grupo The Beatles lançar "I Want To Hold Your Hand", que consolidou o que se passou a chamar de a "Invasão Britânica" – quando vários artistas do Reino Unido assumiram os primeiros lugares das paradas musicais dos Estados Unidos. Mas Johnny Rivers era tão popular que o produtor Lou Adler decidiu lançar Johnny Rivers Live At The Whiskey A Go Go, álbum ao vivo que alcanço o 12º na lista da Billboard – e a canção "Memphis" (um cover de Chuck Berry) chegou ao segundo lugar na parada norte-americana. Johnny Rivers tinha criado o estilo musical Go Go (que incluiria também dançarinas).

Já em 1966, Rivers seguiu gravando canções, especialmente ao vivo, como "Maybellene" (outro cover de Chuck Berry), "Mountain of Love", "Midnight Special" e "Seventh Son", todas elas tornaram-se hits.

A partir de 1966, Rivers adotou um estilo mais peculiar, mas seguiu produzindo sucesso como "Poor Side of Town" (sua única canção a atingir o primeiro lugar na parada norte-americana da Billboard) e "Secret Agent Man". Outras canções populares desta nova fase do cantor foram "Summer Rain", "Baby I Need Your Lovin’" e "The Tracks of My Tears" (um cover de Smokey Robinson & The Miracles) – todas elas caracterizadas por sua voz suave e comovente.

Ele também fundou sua própria gravadora, a Soul City Records, que lançou artistas como o grupo 5th Dimension.

Em 1968, Rivers lançou aquele que é considerado por muitos fãs como seu melhor trabalho, o álbum "Realization". que foi evocativo das influências da psicodelia daquele tempo, e incluíam baladas como como "Going Back to Big Sur".

Anos 1970

Durante os anos setenta, Rivers seguiu produzindo mais sucessos de crítica, como "Rockin’ Pneumonia – Boogie Woogie Flu", "Help Me Rhonda" (cover dos Beach Boys) e "Blue Suede Shoes" (cover de Carl Perkins), mas os álbuns não vendiam tão bem quanto na década de 1960. Seu último sucesso foi "Swayin’ to the Music (Slow Dancing)" em 1977.

A partir dos anos 1980, embora sua música já não tivesse tanto sucesso como nas décadas anteriores, Johnny Rivers continuou a fazer apresentações ao vivo – entre 50 a 60 concertos por ano.

Vendeu mais de 25 milhões de discos em toda a sua carreira e teve 9 de suas canções incluídas entre as 10 melhores da Billboard e 17 delas entre as 40 melhores.

No Brasil

Além de "Poor Side of Town", "Secret Agent Man", "Summer Rain" e "Baby, I Need Your Lovin’", outras canções agradaram mais ao público brasileiro do que ao norte-americano, como "It´s Too Late", "You’ve Lost That Lovin’ Feelin’, "By the Time I Get to Phoenix" e "Do You Wanna Dance?", uma regravação ("You’ve Lost That Lovin’ Feelin") do grupo The Righteous Brothers que não fez sucesso nos Estados Unidos e cuja popularidade no Brasil o próprio Johnny Rivers estranha.

O seu álbum de maior sucesso no Brasil foi "Realization", que chegou a ser o segundo mais vendido em 1968, somente superado pelos Beatles.

Johnny Rivers foi o primeiro artista internacional a tocar na casa de espetáculos "Canecão", no Rio de Janeiro, nos anos 1970. Ele também esteve em São Paulo e fez um concerto gratuito para 60 mil pessoas no Parque do Ibirapuera, em 1998.

 

Johnny Rivers – "Do you wanna dance?

Translated by Laercio

 

Do you wanna dance and hold my hand?

Você quer dançar e segurar minha mão?

Tell me that I’m your man

Diga-me que seu seu homem

Baby, do you wanna dance?

Baby, você quer dançar?

 

Do you wanna dance under the moonlight?

Você quer dançar sob o luar?

Squeeze and kiss me all through the night

Me agarre e me beije durante a noite toda

Baby, do wanna dance?

Baby, você quer dançar?

Do you wanna dance girl and hold my hand?

Você quer dançar, garota e segurar minha mão?

Tell me that I’m your man

Diga-me que sou seu homem

Baby, do you wanna dance?

Baby, você quer dançar?

Do you wanna dance under the moonlight?

Você quer dançar sob o luar?

Love me girl all through the night

Me ame garota durante a noite toda

Baby, do you wanna dance?

Baby, você quer dançar?

 

Girl now do you do you do you do you wanna dance?

Garota agora você quer? você quer? você quer? você quer dançar?

Do you do you do you do you wanna dance?

você quer? você quer? você quer? você quer dançar?

 

Chorus 1

Do you do you wanna dance?

você quer? você quer dançar?

Do you wanna dance girl and hold my hand?

Você quer dançar, garota e segurar minha mão?

Tell me that I’m your man

Diga-me que sou seu homem

Baby, do you wanna dance?

Baby, você quer dançar?

 

Yes, do you wanna dance I mean under the moonlight?

Sim, você quer dançar? Quero dizer sob o luar?

Squeeze and kiss me all through the night

Me agarre e me beije durante a noite toda

Baby, do you wanna dance?

Baby, você quer dançar?

 

Chorus 2

Girl now do you do you do you do you wanna dance?

Garota agora você quer? você quer? você quer? você quer dançar?

Do you do you do you do you wanna dance?

você quer? você quer? você quer? você quer dançar?

do you do you wanna dance?

você quer? você quer dançar?

do you wanna dance?

você quer dançar?

do you wanna dance?

você quer dançar?

Baby, do you wanna dance

Baby, você quer dançar?

Baby, do you wanna dance

Baby, você quer dançar?

do you wanna dance?

você quer dançar?

under the moonlight?

sob o luar?

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s